Leituras | Março 2017


Hoje temos vídeo das minhas leituras do mês de Março!! Foi o mês de #marçofeminino. O mês de ler só mulheres. Na minha TBR tinha-me proposto a ler 8 livros. E eu consegui ler 7 livros e 1 graphic novel, mas só 4 é que estavam na TBR. E posso vos dizer que dei muitas 5✰

Então vamos lá! Comecei o mês com a leitura em ebook de We Should All be Feminists de Chimamanda Ngozi Adichie (49 pág.), ao qual dei 5 ✰. Acho que já todos conhecem este livro da Chimamanda, é um discurso que a autora fez, onde compartilha a sua experiência de ser uma feminista, e a sua visão sobre a construção de género e sexualidade. Um livro bem pequeno mas que vai ter vídeo de opinião aqui, juntamente com outro ebook que li da autora neste mesmo mês, o Para Educar Crianças Feministas (58 pág.), mais um livro que adorei da autora, dei 4 ✰ . Que é simplesmente uma carta que Chimamanda escreveu para uma amiga a dar diversos concelhos sobre como poderia educar a sua filha. É um livro que todas as pessoas deviam de ler, mesmo todas, mulheres, homens, pais, professores, adolescentes. Todos!!! Quero ler tudo o que foi publicado por esta autora, e já fiz aqui um post com os livros que pretendo ler e falei um pouco de Chimamanda. 

Uma das primeiras leituras do mês de Março foi The Demon King, o primeiro livro da série Seven Realms de Cinda Williams Chima (524 pág.). Foi uma leitura conjunta com a Mariana do Mary_red_hair e da Filipa do FilipaBooks. Estávamos já algum tempo para começar esta leitura, muitas vezes recomenda pela Elsa do Ordem d'Avis e foi desta!! E eu só posso dizer que este livro é fantástico, a escrita da autora é fantástica, o mundo que ela criou é fantástico. Como já perceberam dei 5 ✰. É um livro difícil de começar, porque é um mundo tão complexo que nos confunde um pouco ao inicio. Até os nomes das personagens podem alterar ao longo da sua vida e consoante o que fazem. Nós temos duas perspectivas neste livro a do Han, que é um rapaz do povo com poucos rendimentos e que atjá foi ladrão. Mas neste momento quer mudar de vida e cuidar da mãe e da irmã que ama tanto, só que não é nada fácil. Um dia Han rouba um amuleto ao filho de um Mago, que pertenceu ao Rei Demónio, um Mago que há muitos nos atrás quase destruiu o mundo. E ficar com este amuleto vai trazer problemas para Han. Gostei muito desta personagem e o sentimento que ele tem pela irmã é tão lindo. Depois temos a Princesa Raisa, que não é nada como as outras princesas. Gostei muito desta personagem feminina, porque ela ao longo da história vai começar a perceber que a vida lá fora não é nada como a que ela tem dentro do castelo. Ela é uma privilegiada, mas quer mudar isso! Ela quer ser uma Rainha que dá algo ao seu reino! Uma personagem feminina interessante. E claro que estas duas personagens vão acabar por se cruzar na história. Eu adorei e tenho tanta pena de esta série não estar traduzida em Portugal. Porque esta senhora escreve muito bem!!

Li Everything Everything de Nicola Yoon (360 pág.), foi uma leitura para o #diversitybingo2017, porque neste livro temos a nossa personagem principal que tem a mãe japonesa e o pai africano. A Maddy tem uma doença que a impede de sair de casa, senão pode morrer. Sempre viveu em casa!! Até que um dia uma família se muda para a casa da frente!! E a nossa protagonista acaba por ficar muito interessada na vida do Olly e o que vai fazer com ela começa a estar mais interessada pelo mundo lá fora. É um romance fofinho, uma leitura fácil, porque a escrita da autora flui muito bem e ainda temos umas ilustrações pelo meio que enriquecem mais o livro. Não sei se gostei muito final, por isso dei 4 ✰. Foi também uma leitura para o meu projeto pessoal de #lerparaver2017, porque este livro virou filme. Vou fazer um vídeo de opinião completa com reação ao trailer que ainda não vi!

Neste mês também participei no projeto #lerpoetisas, criado pela Alexandra do blog Gira-livros. E li Milk and Honey de Rupi Kaur (204 pág.). Um livro que estava a ser muito bem falado e tinha muita curiosidade. Ainda bem que peguei nele, porque adorei! Dei 5 ✰. A autora abriu o seu coração nestas páginas, não é uma escrita fantástica, mas as palavras utilizadas pela autora nos poemas para nos falar sobre o amor, a perda, o abuso infantil e a cura são tocantes, e quem se identifica com estas palavras marca mais ainda. Não é uma obra de poesia fantástica e perfeita, mas é um livro que nos marca, principalmente nós mulheres. Eu adorei! Li em ebook, mas quero a edição portuguesa aqui na minha estante, pois a editora Lua de Papel fez um trabalho excelente.


Depois peguei num ebook pequeno, A Filha Perdida de Elena Ferrante (124 pág.), porque queria conhecer a escrita desta autora, mas não queria pegar já na sua série. Gostei bastante! A autora conta-nos a história de uma professora, Leda, que após as suas filhas terem ido viver com o pai, decide tirar umas férias no sul da Itália. Os dias de praia são sempre um pouco perturbados devido a uma família muito barulhenta. Mas há uma jovem mãe de uma menina chamada Elena que desperta a atenção da nossa protagonista. E aos poucos Leda vai regressando ao passado e lembrar-se de segredos nunca revelados. Por vezes pode ser um pouco chocante a forma como a autora expõe os pensamentos da nossa protagonista. Mas eu gostei muito e a escrita da autora tem algo que nos deixa mesmo envolvidos na história. Dei 4✰ e vou lar mais da autora de certeza.

Continuando, li Before I Fall de Lauren Oliver (490 pág.), porque o filme também vai sair agora. Inicialmente comecei a ler com a Dora do Books & Movies, mas ela acabou por desistir. Neste livro a nossa personagem principal vai morrer num dia, mas é-lhe dada a oportunidade a reviver o último dia da sua vida, várias vezes. De forma a corrigir os diversos erros e dar valor ao que tem na sua vida, família e amigos. Premissa interessante e achei interessante o livro. No final gostei da mensagem global do livro, e trás temas bastante interessantes, como o bulling. Mas a personagem principal e as suas amigas no inicio e em grande parte do livro são tão irritantes...tão fúteis, que acho que mesmo que tivesse lido o livro na minha adolescência ia revirar os olhos na mesma em algumas partes. Dei 3 ✰.

E por fim li Adulthood is a Myth de Sarah Andersen (109 pág.) uma graphic novel com quadradinhos de cenas do quotidiano na vida de uma adolescente, mas de forma divertida a autora mostras situações que são perfeitamente normais e que nos identificamos com elas. Passei um bom momento de leitura, pena que foi muito rápido. Quero ler em breve o segundo que saiu este ano. Dei 4✰.

E chegámos ao fim, no total li 1918 páginas. 2 livros físicos e 6 em ebook.
5 em inglês, 2 em português (pt-br) e um em francês.

Vídeo no canal:

Digam nos comentários, quais destes livros já leram e qual a vossa opinião?

Boas leituras!!

1 comentário :

  1. Adorei o Demon King <3 mesmo muito bom!! temos lido boas séries em conjunto.. a começar pelo Falling Kingdoms e depois o ACOTAR :) Milk and Honey vou ler este mês.. ou para o próximo e aquele conto da Ferrante está já no meu ereader :) ainda bem que gostaste.. agora quero ver-te a ler a tetralogia hehehe

    * Blog mary red hair *

    *Canal mary red hair*

    ResponderEliminar