BEDA #6 : Opinião | Shiver de Maggie Stiefvater

(Lido em inglês) 
Autor(a): Maggie Stiefvater 
Editora: Sholastic Press 

Li este livro numa leitura conjunta com a Mariana do Mary Red Hair, para o #desafioffc . Foi o meu primeiro contacto com a autora Maggie Stiefvater, uma autora que é muito bem falada no mundo de fantasia YA. Esta autora tem diversos livros já editados, mas decidi começar a ler pela sua primeira obra. Não foi a melhor decisão porque não foi uma leitura fantástica, mas sim razoável e por vezes um pouco massadora.  

Neste livro temos a história de amor impossível do Sam e da Grace. Impossível porque sempre que chega o frio, o Inverno, o Sam se transforma em lobisomem e é obrigado a viver na floresta com a alcateia. Quando chega a Primavera volta à sua forma humana. Confesso que não ia com muitas expectativas para este livro, porque já sabia que que se tratava de um romance adolescente com lobisomens. Até acho que se tivesse lido na época que li Crepúsculo, ia gostar mais desta leitura. Mas até as enormes semelhanças com o Twillint me irritaram um pouco. 
A Grace acaba por ser como a Bella, com uma personalidade aborrecida e insossa, e claro muito madura para a idade e super independente, mais um YA em que os pais não dão atenção à filha e são ausentes. É uma coisa que enerva nestes livros, colocarem pais ausentes que não participam em nada na vida dos filhos. A filha podia ter um rapaz a dormir no seu quarto o tempo todo e eles nunca viram...nem bom dia davam à própria filha. Em relação ao Sam, pior que Edward, porque não o achei nada atrativo e para mim demasiado lamechas. Houve situações que até cheguei a revirar os olhos com o que ele dizia! Para gostar deste amor impossível tinha que ter menos uns aninhos! 

"As the hours crept by, the afternoon sunlight bleached all the books on the shelves to pale, glided versions of themselves and warmed the paper and ink inside the covers so that the smell of unread words hung in the air." (pág. 10)

Posso dizer que o livro tem um ritmo muito lento e cheio de drama de adolescentes, mas que gostei da forma como a autora construiu a mitologia dos lobos, o ambiente invernoso bem descrito que muitas vezes fez-me sentir frio e destaco o início e o fim do livro, que deixou-me com uma certa curiosidade para ler o próximo mas sem qualquer pressa!!! 

Pontuação: 

Boas leituras!!







Sem comentários :

Enviar um comentário