BEDA #17 : #ouçamulheres | Katie Gray


Em Janeiro cheguei a falar do projeto Ouça Mulheres, criado pela Alexandra do blog Gira-Livros. Um projeto que consiste em partilhar as nossas escolhas musicais no feminino, de forma a enaltecer a presença das mulheres na área da música. E hoje venho falar de uma cantora que me acompanha muitas vezes no meu dia-a-dia, Katie Gray.


Katie Gray nasceu em Washington D.C., filha de pai indiano, imigrante nos EUA e de mãe de Midwestern. Sempre apaixonada pelo mundo das artes, viveu em vários lugares nos EUA, incluindo Los Angeles, Austin, Texas e Washingtons San Juan Islands. Começando por aos 17 anos de idade ir para a América Central com sua mochila e um ano depois, mudou-se para Los Angeles para seguir uma carreira de actriz. Apesar de seus papéis no cinema não terem sido muito representativos, pois fez apenas algumas pequenas participações em programas de televisão, e fez o papel de protagonista de "Seras Victoria" no anime japonês "Hellsing". Um anime que acaba por ser reconhecido na indústria de anime e, por isso, Katie acaba por fazer voiceovers por mais 10 anos, tornando-se bastante conhecida para a comunidade de anime.


Depois de alguns anos de estudo na área de atuação, Katie decidiu perseguir sua paixão pela música. Foi então que abriu um novo capítulo na sua vida, e começou compartilhar seus pensamentos, o seu amor pela natureza, meditação e o contar histórias através da musica. Em 2006, Katie lançou seu primeiro álbum From Far Away e teve sua música Set Free no programa de televisão "Bones" na FOX. 

Quando lhe é questionado o que mais a influencia, a cantora responde: 
"Eu vejo tanto potencial neste mundo e em mim mesmo. Eu vejo onde o medo e a dor são uma doença infecciosa que está destruindo o planeta e mantendo tantos de nossos corações reféns. Quero mais do que qualquer coisa mudar o mundo e torná-lo um lugar melhor e sinto que a música tem o poder de fazer isso.

Gosto muito da sua voz e as suas músicas são calmas. Dos dois álbuns lançados o meu preferido é Love Like Fire, de 2011, onde nos apresenta uma variação eclética de som e textura. Com a colaboração de mais de 30 músicos, este álbum oferece-nos música clássica e intemporal no mundo de hoje. Acho que todas as músicas são minhas preferidas, mas posso referir Friends of the Tide e History

Em 2013, Katie passou 2 semanas viajando ao lado de Eve Ensler numa digressão pela Índia para a organização One Billion Rising, na qual ela falou e cantou contra a violência e abuso contra as mulheres. Além da música, Katie tem sua própria marca de jóias e produtos naturais para o corpo, com o nome Body Love (www.bodylovecare.com).)E ela também colabora com o grupo de mulheres "Sisters of the Tide", que visa reunir as mulheres num ambiente natural para compartilhar habilidades, sabedoria e ideias para melhorar o mundo (www.sistersofthetide.com). Ou seja, para além de uma linda voz, é uma cantora que se preocupa com os outros e, principalmente com o papel das mulheres no mundo. 

Alguém desse lado gosta desta cantora?

2 comentários :